Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Natureza



O território do Concelho da Moita apresenta um clima que pode considerar-se como temperado, húmido e moderadamente chuvoso. Fazendo parte da bacia do Estuário do Tejo, constitui-se como uma das componentes de ligação entre o Tejo e a Arrábida.
Assim, podem distinguir-se na área do concelho três zonas naturais: as zonas húmidas, ribeirinhas (de cota até 10 metros ), as zonas húmidas dos vales interiores (de cotas de 10 a 25) e as zonas de encosta e planaltos (de cotas não inferiores a 40).

Morfologicamente o concelho constitui-se como que em anfiteatro em torno da depressão central representada pelo esteiro da Moita. Para além desta unidade paisagística central, é possível ainda distinguir duas unidades: uma onde se localiza Alhos Vedros e a Baixa da Banheira e outra em Sarilhos Pequenos.

Estas unidades paisagísticas estão intimamente relacionadas com o sistema de drenagem do território do Concelho da Moita, mas excedem largamente a área do Município. Trata-se da bacia central do Rio da Moita, cuja bacia hidrográfica se inicia na vertente norte da cadeia montanhosa da Serra da Arrábida e para além desta, duas pequenas bacias: a do Vale da Amoreira e a do Vale do Grou na zona poente do concelho.

Fonte: Retrato em Movimento do Concelho da Moita. Ed. CMM, 2002

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados