Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Arquitetura Civil



Palacete da Fonte da Prata

Quinta da Fonte da Prata, Alhos Vedros

Esta casa edificada por volta de 1910 foi projetada pelo arquiteto Guilherme Eduardo Gomes que procurou construir uma mansão de arquitetura requintada, conforme o modelo setecentista, e de forma a evidenciar a abastança, o gosto e o estilo de vida do seu titular, Eloy Castanha.

É uma construção que reflete, antes de mais, a estrutura agrária que o Concelho da Moita conheceu no século XX, uma grande propriedade altamente rentabilizada por uma classe de latifundiários já bastante esclarecidos.

Em 1979, a Câmara Municipal adquiriu este edifício à Companhia Imobiliária de Turismo Comitur mas, dada a situação de eminente ruína, a Câmara cedeu este espaço em 1995, com o intuito de ser recuperado na sua traça arquitetónica original.

Palacete do Morgado da Casa da Cova

Largo do Descarregador, Alhos Vedros

Palacete localizado no Largo do Descarregador, em Alhos Vedros, e assim designado por ter pertencido aos bens do Morgado da Casa da Cova. Embora não se conheça a data da sua construção, o edifício apresenta características arquitetónicas do século XVIII. É um edifício de linhas sóbrias que se caracteriza pela sua simplicidade arquitetónica, desenvolve-se no sentido da horizontalidade, apresentando as janelas e as portas envolvidas por cantarias em pedra, desprovidas de elementos decorativos. Na fachada principal orientada a Norte, as janelas do primeiro andar abrem-se para varandas em ferro forjado, ajudando a valorizar, deste modo, a zona superior do imóvel.

Outro elemento arquitetónico associado ao palacete e digno de menção é o pórtico em mármore que se encontra adossado à parede da Fábrica «Guston» e que, em tempos, daria, certamente, acesso ao jardim da mansão.

Fonte: Retrato em Movimento do Concelho da Moita, Câmara Municipal da Moita, 2004

Portal Manuelino

Travessa do Alferes-Mor, Moita

Este portal dos séculos XV/XVI localiza-se na Travessa do Alferes-Mor, no núcleo antigo da vila da Moita. É o único portal de tipologia manuelina que se manteve numa construção civil, até hoje, nesta zona.

Fonte: Retrato em Movimento do Concelho da Moita, Câmara Municipal da Moita, 2004

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados