Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Encerramento das Comemorações dos 500 Anos do Foral de Alhos Vedros



Comissaoexecutivadascomemoracoes 1 750 2500
16 Dezembro 2014

Comissão Executiva dinamizou mais de 30 iniciativas ao longo de um ano

 

O encerramento das comemorações dos 500 Anos do Foral de Alhos Vedros, que decorreu, dia 14 de dezembro, ficou marcado pela grande participação da população, tanto no último concerto do Encontro de Música e Canto de Compositores do Seculo XVI, na Igreja Matriz de Alhos Vedros, como na apresentação do livro “Alhos Vedros: Economia, Administração e Demografia Séculos XIV-XVIII”, de António Gonçalves Ventura, na Igreja da Misericórdia.

O concerto de música antiga foi protagonizado pelo Mediaevus Ensemble, Grupo Coral do Montijo e Grupo Coral Alius Vetus.

O livro agora publicado – “Alhos Vedros: Economia, Administração e Demografia Séculos XIV-XVIII” – surge na sequência do Programa Municipal de Apoio à Investigação e Divulgação – Moita Património, lançado durante estas comemorações, e resulta da adaptação das dissertações de Mestrado e de Doutoramento do autor, dando uma visão abrangente do concelho de Alhos Vedros de uma forma integrada, ao mesmo tempo que aborda temas que ainda não tinham sido objeto de estudo. Segundo o vice-presidente da Câmara Municipal da Moita, Daniel Figueiredo, trata-se de um estudo “metodicamente bem planificado e estruturado, com carácter inovador e de grande valia para a comunidade escolar do Município da Moita”. António Gonçalves Ventura, o autor, dedicou o seu livro a toda a população de Alhos Vedros e valorizou o Programa Municipal “Moita Património” que possibilitou a publicação deste livro.

No encerramento oficial, foi feito o balanço destas comemorações. Ao longo de um ano – de dezembro de 2013 a dezembro de 2014 –, realizaram-se mais de 30 iniciativas que envolveram diferentes entidades e instituições, destacando-se a reedição do livro “Foral de Alhos Vedros”, a Oficina de Danças Medievais, Ciclo de Conferências, Música em Movimento, Cortejo Histórico e Etnográfico, Ceia Medieval, Rota Manuelina, Edição do livro “Azulejos da Igreja de São Lourenço”, entre muitas outras.

O presidente da Câmara Municipal da Moita, Rui Garcia, valorizou o empenho de toda a comissão executiva – Câmara Municipal, Junta de Freguesia de Alhos Vedros, Santa Casa da Misericórdia de Alhos Vedros, Agrupamento de Escolas José Afonso, Centro Paroquial de Alhos Vedros, Alius Vetus – Associação Cultural História e Património e CACAV – Círculo de Animação Cultural de Alhos Vedros – e também de outras associações do concelho, escolas, forças de segurança e população, que contribuíram para o sucesso destas comemorações. “Este é um exemplo que devemos aprender e registar; estes são os resultados que podemos obter da cooperação entre todos”, reforçou o autarca. A terminar esta iniciativa, foi apresentada a Medalha Comemorativa dos 500 Anos do Foral de Alhos Vedros, da autoria de António Tapadinhas, artista plástico e pintor do concelho da Moita.

A 15 de dezembro, foi também lançado o selo comemorativo dos 500 Anos do Foral de Alhos Vedros que pode ser adquirido na “Casa Amarela” – CACAV, em Alhos Vedros.


Galeria de imagens

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados