Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

A República nos Concelhos da Margem Sul - Actas do Colóquio



 

Câmara Municipal da Moita / Departamento dos Assuntos Sociais e Cultura / Divisão de Cultura


Com a edição de A República nos Concelhos da Margem Sul a Câmara Municipal da Moita ilumina uma poderosa memória comunal de trabalho e luta social reivindicativa que constitui, afinal, matriz fundamental da identidade das gentes da nossa Região. A Revolução Republicana de 5 de Outubro de 1910 não significou apenas o triunfo do ideário republicano sobre um regime monárquico desacreditado e em agonia, mas traduziu um momento de agudização da luta de classes ao manifestar decisivamente a determinação de um operariado esclarecido e consciente da sua responsabilidade no devir histórico e do seu lugar na história. Trata-se de uma obra colectiva participada por investigadores de Almada, Seixal, Barreiro, Setúbal, Sesimbra, Montijo e Moita, que nos permite redescobrir com ampla clareza a implantação do Partido Republicano na Margem Sul e a republicanização da mesma, a luta armada que se desencadeou no dia 4 de Outubro de 1910 e o processo revolucionário que se lhe seguiu, o alcance, as contradições e os limites do projecto republicano, mas que desvenda também, através de diversas narrativas que se cruzam e interligam, o papel fundamental do movimento do operariado, onde predominava o anarco-sindicalismo, num distrito que experimentava uma industrialização acelerada, protagonizava greves, lutas laborais e confrontos com forças militarizadas, e fê-lo antes, durante e depois da I República. A República nos Concelhos da Margem Sul releva uma historiografia que acolhe com sentido de justiça sujeitos nem sempre reconhecidos pelos compêndios de história: os conserveiros de Setúbal, os pescadores de Sesimbra, os corticeiros de Almada e Seixal, os chacineiros do Montijo, o operariado da CUF do Barreiro e os arrais e trabalhadores rurais da Moita, que lutaram pela República, pela liberdade e pelo direito ao voto, por melhores condições de vida sociais e económicas e que sedimentaram ao logo de gerações formas comuns de sentir, viver e lutar. A todos os intervenientes no colóquio sobre A República nos Concelhos da Margem Sul e que deixaram plasmado nas páginas desta edição homónima o seu trabalho de investigação e as suas ideias deixo expresso os agradecimentos da Câmara Municipal da Moita. Este é um trabalho que proporciona um melhor conhecimento sobre uma revolução que mudou um regime, que amplia os horizontes sobre a nossa história contemporânea e um contributo fundamental no âmbito da promoção do estudo e da divulgação da história local que, creio, terá o melhor acolhimento por parte dos leitores.

Vice-Presidente
Rui Manuel Marques Garcia

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados