Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

"Leitura às Quintas": Bô Tendê? – Palavras e cancões das ilhas do cacau e do café sempre em flor: S. Tomé e Príncipe



08 Junho 2017
Biblioteca do vale da amoreira 1 1024 2500

Às 21:00h

Biblioteca Municipal do Vale da Amoreira

Entrada gratuita

Esta iniciativa é integrada nas comemorações do 27º aniversário da Biblioteca Municipal do Vale da Amoreira.

Olinda Beja nasceu em Guadalupe (S. Tomé e Príncipe), a 12 de fevereiro de 1946. Estudou em Portugal, mas, um dia, resolveu voltar às raízes maternas e, a partir de então, tem assumido o papel de embaixadora da cultura santomense. Divide o seu tempo entre os dois países e corre o mundo a falar das ilhas. Escreve livros e conta histórias sempre que o seu coração lhe pede.

Segue-se, pelas 22:30h, a abertura da exposição de Pintura “Gentes e Tribos”, de Gabriela Santos, que estará patente na biblioteca até 30 de junho. Gabriela Santos, nasceu a 8 de dezembro de 1949 em Leiria. Com cerca de 4 anos foi viver no Montijo, onde fez a instrução primária, mudando-se depois definitivamente para o Barreiro. Aí fez a escola secundária, onde teve o primeiro contacto com o movimento antifascista, frequentando entre outros a Académica e o Cineclube. Continuou os seus estudos em Lisboa, no Instituto Industrial, tendo participado ativamente no movimento estudantil dos anos 60, através da Associação de Estudantes. No ano de 2015, passava repetidamente junto a uma casa que anunciava cursos de desenho e pintura. Sem quaisquer perspetivas e nunca tendo pintado ou desenhado de forma consistente, resolveu tentar por considerar que lhe poderia ser terapêutico, devido ao seu passado. E foi assim que, aos 66 anos, se viu a pintar, tendo frequentado o curso de Desenho e Pintura da CACAV, em Alhos Vedros. De janeiro até à presente data, já pintou cerca de 50 quadros e realizou a sua primeira exposição em abril de 2016 na Junta de Freguesia da Baixa da Banheira.

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados