Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Teatro: “Pranto de Maria Parda”



2018/05/11
Maria parda 1 1024 2500

Às 14:30h

Iniciativa integrada no 21º aniversário da Biblioteca

Destinatários: Escolas e Público em geral

Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça - Moita

 

Sinopse:

O espetáculo "Pranto de Maria Parda", criado a partir do texto de Gil Vicente, com interpretação de Eunice Correia e encenação de José Ramalho, relaciona o trabalho do ator com o teatro de objetos/marionetas.

Maria Parda, com o seu vestido largo e pesado, vai deambulando no espaço cénico, circular, na procura das figuras que representam seis taberneiros a quem pede vinho para acalmar a sua secura.

Esta mulher, beberrona, vagueia pelas ruas de Lisboa em busca de vinho, representa a fome do povo e a miséria que se instalou em Lisboa nos finais de 1521, após a morte de D. Manuel I.

O espaço cénico é vazio, despojado, obscuro, reflexo da fome, da sede e do abandono que Parda sente na sua Lisboa pós-peste negra, “na triste era de vinte e dous…”.

Sentindo-se seca, pede fiado a seis taberneiros, cujas figuras são representadas por esculturas/marionetas que simbolizam a decadência dos valores humanos como a sovinice, o semitismo, a falta de generosidade e de solidariedade que acabam por ditar a sentença de morte desta mulher, negando-lhe matar a sua sede.

Maria Parda decide então... morrer.

Espetáculo simbolicamente ritualista. Rito de passagem da vida para a morte, cerimonial, com desfecho sacrificial.

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados