Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Câmara da Moita e Ministério da Administração Interna permutam terreno municipal por antigo edifício dos Bombeiros



Antigo quartel dos bombeiros 1 1024 2500
04 Dezembro 2018

O presidente da Câmara Municipal da Moita, Rui Garcia, e o Secretário Geral do Ministério da Administração Interna, Carlos Ramos, assinaram na tarde de 3 de dezembro, no Ministério da Administração Interna, o Contrato de Permuta de um terreno municipal para a construção do novo Quartel da GNR – Posto Territorial da Moita pelo edifício do antigo Quartel dos Bombeiros Voluntários da Moita.

A construção de um novo Posto Territorial da GNR tem sido uma antiga reivindicação do Município da Moita que, ao longo de vários anos, tem solicitado a sua contemplação no Orçamento de Estado, sem nunca se ter concretizado.

Rui Garcia manifestou satisfação com a assinatura deste contrato de permuta por significar o primeiro passo para a resolução de um problema há muito identificado no concelho. “O Posto da GNR tem funcionado em instalações municipais que não são as mais adequadas em termos de localização, espaço, segurança e acessibilidades”, comentou o autarca, referindo ainda que a Câmara Municipal tem manifestado, ao longo de anos, junto dos sucessivos Governos, “muita preocupação com as condições físicas com que a GNR desenvolve o seu trabalho e sempre estivemos disponíveis para encontrar soluções para resolver esta situação”.

As forças de segurança no concelho da Moita – PSP e GNR – funcionam em instalações municipais, cedidas gratuitamente pela Câmara Municipal da Moita e sem qualquer contrapartida.

De referir que o Ministério da Administração Interna adquiriu o edifício do antigo Quartel dos Bombeiros, em 2009, com o objetivo de aí instalar o Posto Territorial da GNR, o que nunca veio a acontecer. Desde a sua aquisição, que as antigas instalações dos Bombeiros se encontram abandonadas, tendo sido objeto de atos de vandalismo, ocupação indevida e com evidentes sinais de degradação, uma situação que a autarquia tem tentado resolver, colocando, desde logo, a hipótese de permuta de um terreno municipal para a construção do Posto Territorial da GNR e chamando à sua posse aquele edifício, classificado já como edifício em ruínas.

O terreno municipal, permutado para a construção do novo Quartel da GNR – Posto Territorial da Moita, situa-se na freguesia da Moita (Loteamento Municipal da Mãe D’Água Sul), tem uma área de 8 447m2 e um valor patrimonial de mais de 2 milhões de euros.

 

Assinatura Contrato Permuta

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados