Novas medidas de contingência para serviço público de transporte rodoviário de passageiros

A m l  1 1024 2500 1 1024 2500 1 1024 2500
2020/03/19

Devido à pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2 (COVID-19), os operadores de transporte colectivo rodoviário de passageiros na Área Metropolitana de Lisboa adotaram, desde o dia 15 de março, os seguintes procedimentos:
1. A entrada e saída dos utentes deverá processar-se apenas pelas portas traseiras dos autocarros de serviço urbano e interurbano, deixando as entradas de ocorrer pela porta da frente, junto ao motorista;
2. Deixarão de se efetuar vendas a bordo, deixando os motoristas de ter contacto com dinheiro e operações de pagamento;
3. Deixarão de ser obrigatórias as validações nos autocarros, devendo os passageiros viajar com título válido.

Mais informações podem ser obtidas aqui.

O conjunto de serviços em funcionamento, nomeadamente de pontos de venda e serviços de atendimento e apoio ao cliente, sofreu uma alteração provisória substancial. Consulte a tabela para saber onde poderá solicitar a emissão do cartão Lisboa Viva, a renovação de perfil, o carregamento de título de transporte e a compra e carregamento do passe Navegante Família.

Os cartões Lisboa VIVA, cujo prazo de validade expirou depois do dia 23 de fevereiro, podem continuar a ser carregados nas máquinas automáticas do Metropolitano de Lisboa e no Portal VIVA (www.portalviva.pt). Os passes Navegante poderão, por isso, ser comprados e carregados em cartões com validade terminada depois de 23 de fevereiro. Esta operação será brevemente estendida às caixas Multibanco. Também os passes comparticipados – perfis social +, 4_18 e sub-23 – cuja validade do perfil terminava depois do dia 23 de fevereiro, poderão vir a ser, em breve, carregados no Multibanco. Mais infrmações aqui.

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados