Câmara cria percurso interpretativo da zona ribeirinha entre Moita e Gaio-Rosário

Img 3600 1 1024 2500
2020/05/15

Inserido no projeto de valorização do património ribeirinho do concelho da Moita, “Moita Património do Tejo”, a Câmara Municipal concebeu um percurso interpretativo entre a vila da Moita e o Gaio–Rosário. No âmbito deste projeto, foram recentemente colocadas seis estruturas informativas que fazem parte deste percurso interpretativo e que permitem, de forma autónoma, o acesso a um maior conhecimento da história e do património. A Capela do Rosário, o Estaleiro Naval do Gaio, o Moinho de Maré da Quinta do Rosário, a Oficina de Velas e Ferreiro Naval, o Moinho de Vento do Gaio e Sítio Arqueológico do Gaio, o Pátio do Rosário e os Fornos de Cal são apresentados nestas estruturas com informação bilingue (português e inglês).

De referir que a colocação das estruturas é a última intervenção da candidatura “Valorização do Património Ribeirinho e Promoção do Cluster da Náutica de Recreio”, financiada pelo FEDER, no âmbito do Programa Operacional Regional de Lisboa. Esta candidatura incluiu a construção de um novo ancoradouro no Cais setecentista da Moita, que possibilita a expansão das atividades náuticas fluviais, a colocação de painéis interpretativos no Cais da Moita, o reforço da estrutura do Moinho de Maré da Quinta da Freira, assim como o reforço da rede de percursos pedestres e cicláveis.

O percurso foi ainda enriquecido pela criação de um itinerário interpretativo do Estaleiro Naval de Sarilhos Pequenos e reabilitação da exposição permanente do Sítio das Marinhas - Centro de Interpretação Ambiental que reabrirá ao público logo que possível.

img_3577
img_3595
img_3612
img_3620
img_3628
img_3648

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados