Prémio de Poesia Joaquim Pessoa 2020 atribuído a Dionísio Vila Maior

Enviado premio de poesia joaquim pessoa 2020 atribuido a dionisio vila maior 1 1024 2500
2020/07/31

“Orfeu sem mim”, da autoria de Dionísio Vila Maior, venceu a terceira edição do Prémio de Poesia Joaquim Pessoa, promovido pela Câmara Municipal da Moita e pela Editora Edições Esgotadas.

“A obra vencedora denota uma sólida e bem fundamentada arquitetura modelada na confluência de mitos clássicos, do memorialismo autoral e de leituras da modernidade estética”, revela o júri do Prémio, composto por Annabela Rita (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa / Presidente do Júri), Ana Maria Oliveira (Universidade Católica/ Instituto Politécnico de Viseu/ representante da editora Edições Esgotadas), Isabel Ponce de Leão (Universidade Fernando Pessoa), Luísa Antunes Paolinelli (Universidade da Madeira) e José Beiramar (professor / representante da Câmara Municipal da Moita).

O prémio tem um valor de 5 000 euros, atribuído pela Câmara da Moita. A obra vencedora é publicada pela Editora Edições Esgotadas.
De referir que a edição de 2020 do Prémio de Poesia Joaquim Pessoa teve uma adesão muito significativa, com um total de 340 candidatos, de vários países e regiões, desde Espanha, Brasil, França, Itália, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Inglaterra, Madeira, várias ilhas dos Açores e de norte a sul de Portugal. Tratando-se de um prémio de poesia ligado ao nome de um poeta vivo, o interesse de um número tão elevado de concorrentes evidencia que esta iniciativa conjunta da Câmara Municipal da Moita e da editora Edições Esgotadas já conquistou o respeito e o reconhecimento do público.

O Prémio de Poesia Joaquim Pessoa foi criado pela Câmara Municipal da Moita, em parceria com a Editora Edições Esgotadas, em 2015, no âmbito das comemorações dos 40 anos de atividade literária do poeta. Destina-se a galardoar, bienalmente, uma obra de poesia escrita em língua portuguesa, indo ao encontro de um dos grandes objetivos do Município da Moita: oferecer cada vez mais estímulos à produção, criação e difusão cultural, nomeadamente à criação literária. Este prémio visa igualmente homenagear um poeta que viveu e cresceu no concelho da Moita, sendo um exemplo a seguir a nível cultural e literário, e sublinhar a importância de uma política de leitura pública, desenvolvida pelo Município ao longo de mais de 30 anos, a criar e a satisfazer necessidades de leitura e escrita, contribuindo para o desenvolvimento pleno do espírito critico e da cidadania.
A data de entrega do prémio ao vencedor será anunciada atempadamente.

Consulte aqui a ata da reunião do júri.

Município da Moita © 2015 | Todos os direitos reservados